Sínodo Mato Grosso



Rua Alberto Velho Moreira , 48 - Bandeirantes
CEP 78010-180 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 9846-83271 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@outlook.com
ID: 10

Lucas 16.19-31 - 16º Domingo Após Pentecostes - 25/09/2022

Caderno de Cultos 2022 - Sínodo Mato Grosso

25/09/2022

25/09/2022 – 16º Domingo Após Pentecostes
Pregação: Lucas 16.19-31
Leituras: Amós 6.1a,4-7; 1 Timóteo 6.6-19
Miss. Dulcenelda Schneider Bezerra – Santarém – PA

 

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/Boa noite. Sejam todos bem vindos, bem vindas ao culto nesta manhã/ nesta noite. Saúdo a todos com o Lema da semana, palavras de Filipenses 2. 10-11, “Ao nome de Jesus se dobre todo joelho nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.” Que a graça, a paz e o amor de Deus, esteja com cada um de nós.

Acolher os/as visitantes
Desejamos, todas as pessoas que nos visitam, que sintam-se acolhidos em nosso meio, que bom te ver aqui conosco.

CANTO DE ENTRADA
Nº 26 – Livro de canto – Reunidos aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos reunidos em nome do Trino Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. A Ele devemos tudo o que somos e temos, pois Ele tem cuidado de nós. Dele vem o nosso socorro e a nossa salvação. Amém

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 29 – Livro de canto – Senhor tu nos chamaste

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Pai amado, nós estamos aqui reunidos em teu nome. Sabemos que não somos merecedores da tua graça e misericórdia. Clamamos em nome de Jesus ouve-nos Senhor. Confessamos o pecado que em nós habita desde o nosso nascimento. Tem compaixão de nós Senhor quando não somos um bom exemplo de vida para as demais pessoas; quando não enxergamos o próximo que caminha e clama ao nosso lado. Somos muitas vezes tomados por sentimentos de grandeza, orgulho, vaidade e esperamos por reconhecimento e honra o tempo todo. Certamente nos afastamos de ti, quando agimos assim. Todavia, Pai, sabemos que fora de ti não há vida. Por isso suplicamos pelo teu perdão. Nós te pedimos, tem compaixão de nós, lava e purifica-nos com teu sangue precioso Senhor, transforma o nosso ser mediante o agir do Teu Santo Espírito. Em nome de Jesus. Amém

ANÚNCIO DO PERDÃO
Em 1 João 1.9 nos diz que: “se confessarmos os nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar e purificar de toda injustiça.” Portanto se você assim confessou os seus pecados , arrependido deles, receba o perdão pela Graça de Deus, por meio de Jesus.

KYRIE
A alegria da Salvação não pode ser individualista. Ela deve ser repartida com todo o mundo. Pois o Senhor Jesus foi entregue para trazer vida à todas as pessoas do universo (Jo 3.16). Portanto para que a paz que restaura todas as coisas se estenda sobre o mundo que sofre, clamamos cantando:
Nº 56 – Livro de canto – Pelas dores deste mundo

Ou: Nº ____________________________________________________

GLÓRIA IN EXCELSIS
Glorifiquemos a Deus cantando o hino:
Nº 69 – Livro de canto – Povos da terra

Ou: Nº ____________________________________________________

ORAÇÃO DO DIA
Pai querido, Pai de amor, tu sempre és fiel para conosco. Teu amor por nós é sem limites mesmo nós não merecendo muitas vezes esse teu grande amor por nós. Cumpriste a Tua promessa enviando ao mundo Teu único Filho, o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, para nos libertar de todas as formas de opressão e angústia que ameaçam a nossa vida. Ensina-nos a reconhecer o Reino de Cristo no teu cuidado para conosco no nosso dia-a-dia. Que os nossos ouvidos e corações estejam abertos para ouvir a tua vóz. Aponte nossos erros, renove a nossa esperança, transforme nossos conceitos e amplia nosso horizonte através da Tua Palavra que vamos ouvir. Molda-nos Senhor segundo a Tua vontade e Teu querer, para que nos tornemos terra fértil. Oramos em nome de Jesus. Amém

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Amós 6.1a,4-7

2ª Leitura Bíblica: 1 Timóteo 6.6-19

3ª Leitura Bíblica: Lucas 16.19-31

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 160 – Livro de canto – Como tu queres

Ou: Nº ____________________________________________________

PREGAÇÃO

Lucas 16. 19-31.
Que a Graça e a paz do nosso Senhor Jesus Cristo, esteja com cada um de nós, fale aos nossos corações através da Sua Palavra. Amém.
O texto que lemos é uma parábola, uma história que Jesus conta; Não se refere, apenas as coisas que estão para acontecer, mas fala de uma realidade bem presente, de uma realidade do nosso dia-a-dia. Essa história tem duas cenas: antes da morte e depois da morte, lembrando que as duas cenas falam sobre a vida.
Nos faz pensar seriamente sobre a nossa vida. Como lhe damos com os bens que Deus nos presenteia? Bens que Deus confia a nós. mesmo não sendo merecedores. E a pergunta é: Qual é a minha atitude em relação ao meu dinheiro e aos meus bens materiais? Você os tem e guarda de forma egoísta ou utiliza o que tem, também para ajudar aos que necessitam? Como é a sua contribuição na sua Comunidade? Na sua Igreja? Você paga ou contribui?
Esse texto nos faz refletir sobre essas perguntas. Quanto temos não é tão importante quanto o modo como usamos nossos bens. O homem rico, apesar de ser um homem muito abençoado materialmente, era duro de coração.
Os fariseus consideravam a riqueza uma prova de justiça. Agiam piamente para conseguir o elogio dos outros, mas Deus sabia o que havia no coração deles. Para eles, os bens eram um sinal da aprovação de Deus, por
Lendo o final da parábola anterior (16. 9-14), por amor ao dinheiro, os fariseus criticaram o ensino de Jesus. Porque eram avarentos, amavam o dinheiro e é por isso que o ensino de renegar o que é do mundo (as riquezas) lhes parecia desprezível.
Enquanto vivia na terra, o homem rico usufruía de seus bens, nem pensava no futuro, na eternidade; sua riqueza se tornou um empecilho, seus olhos se fecharam para não ver a aflição de seu próximo e não considerar o que Deus exigia de sua alma. Enquanto vivia aqui na terra não se importava com Deus e muito menos com a eternidade. Ele desprezou aquilo que Deus queria lhe dar para a eternidade; ele escolheu o mundo e não o céu, e por isso com a morte perdeu os dois.
Vivemos em uma época em que se mede o valor das pessoas pelo dinheiro que elas tem, pela casa ou pelos carros que possuem, pelas roupas que vestem, pelos calçados que tem nos pés. Será que também nós não estamos ridicularizando as advertências de Jesus contra o servir ao dinheiro? Será que não tentamos até explicar a nossa situação? Ou até aplicamos estas advertências a outras pessoas – aos fariseus, por exemplo? Não se espante, mas a verdade é: A menos que em nosso coração, consideremos seriamente as declarações de Jesus, o ensino de Jesus, a Palavra de Deus, nós poderemos estar agindo como os fariseus.
Irmãos e irmãs em Cristo, saibam que o homem rico não foi para o inferno por causa dos seus bens ou da sua riqueza, tirem isso da cabeça. O rico foi para o inferno porque era egoísta, ganancioso, recusou-se a alimentar Lázaro, cuidar do necessitado, cuidar daquele que precisava da sua ajuda.
No registro de seus pecados, aparentemente, não constou nenhuma transgressão grave, mas bastou o pecado de sua omissão para levá-lo ao Inferno (Tiago 4:17).
A situação de Lázaro era diferente. Seu nome quer dizer: Deus é minha ajuda. Quem era Lázaro? Esse Lázaro não deve ser confundido com o Lázaro a quem Jesus ressuscitou ( Jo 11). Esse Lázaro era pobre e doente, não tinha nada aqui na Terra. MAS Também não é poque ele era pobre que foi para o céu, e sim porque confiava em Deus, essa era a diferença entre o rico e Lázaro .
Qual o fim que os dois tiveram? Ricos e pobres morrem neste mundo. Ambos são filhos de Abraão, são judeus. Ambos esperam pelo juízo, pela ressurreição. Só que essa espera acontece em lugares e condições diferentes. Lázaro lemos que foi levado pelos anjos para junto de Abraão na festa do céu, pode ficar reclinado à mesa dos justos e patriarcas (M t 8.11). Depois de sofrer por um pouco aqui na Terra, ele é, finalmente, eternamente consolado. Que prêmio! (Fp 1:21; Rm 8:18; 2 Co 4:17-18)
O rico morreu e foi sepultado, possivelmente com muitas honras; porém sua alma aguarda seu futuro no lugar da punição, no mundo dos mortos, despertou no tormento da eternidade.
Ao longe o rico pôde ver a Abraão, que também foi rico aqui na Terra, mas que vivia por fé e se considerava estrangeiro aqui, e foi chamado amigo de Deus (Hb 11:9; Tg 2:23). Para que o contraste se torne ainda maior, Jesus descreve uma situação bem especial: o homem rico pode observar a bem aventurança de Lázaro de modo quase palpável.
Mas ele próprio está em tormentos, e eis que aqui seus olhos são abertos: enquanto estava na Terra, jamais elevou os seus olhos para Deus. Em vão implora por alívio de seus sofrimentos (v.24 uma ponta de dedo molhada em água....) Implora para que Lázaro seja enviado a seus irmãos que ainda estão na terra. Da resposta de Abraão aprendemos também a importância da Palavra de Deus, pois diz que v.31 ...Se eles não escutarem Moisés nem os profetas, não crerão, mesmo que alguém ressuscite”. Amadas e amados, irmãos e irmãs em Cristo. Existe um tempo para que alguém descubra sua relação para com o outro, para com o próximo: hoje. Tempo é oportunidade. E a chance de tomar sua decisão é oferecida agora. Quem é você? Quem é o seu próximo? Hoje. Pare e reflita: a distância entre o rico e Lázaro pode hoje ser a mesma distância, o mesmo abismo entre você e Deus. Existe uma ponte? Sim a ponte é Jesus. Resta saber como vemos, como vivemos, como experimentamos essa relação. Resta saber se precisamos de alguém. Resta saber se temos consciência que precisamos do próximo, precisamos de Jesus. Não amemos de palavra, nem de boca para fora, mas de fato e de verdade (1 João 3.18). Ame a Deus. Ame as pessoas. Só nos tornamos capazes de amar as pessoas, amar a igreja de Cristo aqui na terra, quando amamos a Deus. Deus abençoe. Amém

HINO
Nº 640 – Livro de canto – As pessoas hoje correm

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE FÉ
Confessemos a nossa fé no verdadeiro, único, Senhor e Salvador, com as palavras do Credo Apostólic
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 84 – Livro de canto – Por tudo o que tens feito

Ou: Nº ____________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai querido Deus misericordioso, obrigada Senhor pelas bençãos derramadas sobre a nossa vida, a cada novo dia que acordamos. Obrigada porque podemos pedir e crer no teu poder entregando tudo em tuas mãos, sabendo que és Tu que nos sustentas. Assim, confiantes deixamos estes pedidos em tuas mãos convictos de sua poderosa ação sobre cada situação aqui colocada e também aquelas que não colocamos aqui com nossas palavras. Ouve Senhor a nossa oração atende o nosso pedido nós clamamos em nome de Jesus que nos ensinou a orar: Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que o Senhor Deus te abençoe e te guarde, que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e tenha misericórdia de ti e te dê a paz. Amém.

ENVIO
Ide em paz e sirvam ao Senhor com grande alegria.

CANTO FINAL
Nº - Hinário – Que a graça do Senhor Jesus

Ou: Nº ____________________________________________________
 


Autor(a): Missionária Dulcenelda Schneider Bezerra
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 16º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 16 / Versículo Inicial: 19 / Versículo Final: 31
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2022
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 67527

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Vocês foram batizados para ficarem unidos com Cristo e assim se revestiram com as qualidades do próprio Cristo.
Gálatas 3.27
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Assim diz o Senhor: Buscai-me e vivei.
Amós 5.4
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br