Sínodo Mato Grosso



Rua Alberto Velho Moreira , 48 - Bandeirantes
CEP 78010-180 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 9846-83271 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@outlook.com
ID: 10

Lucas 14.1,7-14 - 12º Domingo Após Pentecostes - 28/08/2022

Caderno de Cultos 2022 - Sínodo Mato Grosso

28/08/2022

28/08/2022 - 12º Domingo Após Pentecostes
Pregação: Lucas 14.1,7-14
Leitura: Hebreus 13.1-8,15-16
Pastora Camila Laís Karsten - Par. Leste Matogrossense


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
“Ó Senhor, eu sou teu, e por isso as tuas palavras encheram o meu coração de alegria e felicidade”. Jeremias 15.16
Bom dia/Boa tarde/Boa noite... Com as palavras do profeta Jeremias e na certeza que a Palavra de Deus enche nosso coração de alegria e felicidade, nos reunimos em culto. Culto é comunhão, encontro e reunião do povo com Deus. É diálogo, é entrega e amor fraterno.
Com os corações abertos e a mente no Senhor, aqui estamos!
Acolhemos as pessoas que nos visitam, sejam bem vindas (deixar que se manifestem). Que todas as pessoas se sintam bem e acolhidas em nossa comunidade.

CANTO DE ENTRADA
Nº 09 - LCI – Esta é tua casa

SAUDAÇÃO
Nos reunimos na certeza da presença do nosso Trino Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo (+). Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 03 - LCI – Deus Trino

CONFISSÃO DE PECADOS
Jesus nos ensina a sermos pessoas humildes, e é dessa forma que devemos nos achegar diante de Deus. Por isso agora, em oração silenciosa, confessemos a Deus os nossos pecados: (Deixar um tempo para orações pessoais silenciosas).
Oremos: Bondoso e amado Deus. Estamos aqui reunidos em culto e reconhecemos que somos pessoas pecadoras. Erramos em palavras, pensamentos, ações e omissões. Falhamos em não ouvir a Tua voz, erramos tentando ser o que não somos, caímos em tentação. Com vergonha tentamos nos esconder de ti, logo Tu que és Onipresente, Onisciente e Onipotente. De forma humilde nos colocamos diante de Ti e pedimos: tem compaixão de nós e nos perdoe. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
As pessoas que com sinceridade confessam os seus pecados a Deus, e deles se arrependem, ouvem da sagrada escritura: então eu te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade. Resolvi confessar tudo a ti, e tu perdoaste todos os meus pecados (Salmo 32 5)). Assim, anuncio que os seus pecados foram perdoados, em nome de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo (+). Amém.

KYRIE
Perdoados por Deus, somos chamados a clamar pelas dores em nosso mundo. Muitos são os motivos de dor em nosso dia a dia. Povos que vivem em guerras, desastres da natureza, famílias brigadas, pessoas com ódio em seus corações, são motivos claros para clamarmos pela ajuda de Deus. O descaso com a bela e boa criação da natureza nos deixam tristes e desanimados. Tudo isso causa em nós, muitas dores, sentimento de impotência e desanimo, por isso clamamos a Deus para que ele haja com misericórdia e mude o nosso ser. Convido para unirmos as nossas vozes e clamar a Deus cantamos:
Nº 60 - LCI – Tem piedade, Senhor

GLÓRIA IN EXCELSIS
Deus ouve o clamor do seu povo e nunca os abandona, certamente Ele ouviu o nosso clamor e em seu tempo, agirá! Certos do cuidado e do amparo de Deus, pois sempre está conosco, quando o invocamos é que queremos fazer/ouvir a leitura do Salmo previsto como leitura para este 12º domingo após pentecostes. Leitura Bíblica do Salmo 112.

ORAÇÃO DO DIA
Deus amado, como é bom e agradável estarmos reunidos na Tua presença. Te agradecemos os exemplos e ensinamentos que Jesus Cristo nos deixou de forma tão simples. Que nós possamos receber as leituras bíblicas, a pregação, as orações, os hinos... enfim este culto todo da melhor forma possível. Para isso acalme nossos corações e mentes. Que possamos meditar e refletir sobre nossas ações e atitudes e que nos transformemos em pessoas melhores. Por Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador, que vive contigo e com o Espírito Santo, de eternidade a eternidade é que oramos e agradecemos. Amém.
Nº 165 - LCI – Estou pronto, Senhor

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Hebreus 13.1-8,15-16

Aclamamos o Santo Evangelho de pé, cantando Aleluia:
2ª Leitura Bíblica: João 17.1ª,20-26.

PREGAÇÃO Lucas 14.1,7-14
Que a graça nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão com o Espírito Santo, estejam com todos e todas nós. Amém.
Querida comunidade, Jesus, em nosso texto em questão é convidado para uma refeição na casa de um fariseu. Ele logo percebe que este convite tem algo a mais, essas pessoas o convidam para observa-lo, quem sabe até poder incriminá-lo por algo. Os versículos que estão no meio da nossa leitura nos relatam Jesus curando um homem num sábado, e toda a discussão que vem acompanhada deste simples ato.
Já no V.7 Jesus é observador. Ele vê como aquelas pessoas estão se portando naquela refeição e fica em choque! Isso porque na época de Jesus, no lugar que eram servidas as refeições sempre tinha uma mesa “especial” onde se sentavam as pessoas mais importantes. E na refeição da nossa perícope as pessoas não estavam respeitando esta regra. Então Jesus da o seu ensinamento, repetir V.8-11.
Obviamente Jesus não estava simplesmente dando uma aula de etiqueta para estas pessoas, mas sim, já comparando esta refeição com o Reino de Deus. Ou seja, Jesus estava dizendo que uma das principais qualidades da pessoa que se coloca ao serviço de Deus é a humildade. Quem quer seguir a Deus verdadeiramente não precisa preocupar-se em honras e gloria para si. Quem quiser ser o primeiro, deve ficar por último e servir a todos (Mc 9.35)
Em um outro momento dois discípulos de Jesus chegaram a ele e pediram para que no Reino dele, eles pudessem se sentar a sua direita e o outro a sua esquerda. Jesus percebeu claramente uma disputa entre eles. Queriam lugar de destaque. E Jesus diz: “entre vocês não deve ser assim. Quem quiser ser importante que sirva aos outros e quem quiser ser o primeiro, que seja escravo de todos. Porque até o filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida para salvar muita gente” (Mt 20.20-28).
E assim chegamos nos nossos dias hoje, e a frase: Mas o que é que eu ganho com isso? Perpassa todas as nossas ações. Nada se faz sem saber que proveito se pode tirar. Este tipo de mentalidade passou a fazer parte também da fé de muitas pessoas. Inclusive da pregação de algumas igrejas. Quanto mais se oferece a Deus, mais benefício se recebe. Ou seja, passamos a negociar com Deus. Já não somos pessoas aceitas pela fé, mas por aquilo que oferecemos a Deus. De certa forma, tentamos ter controle sobre Deus.
No entanto, Deus nos aceita unicamente pela fé em Jesus Cristo. Porque somos pessoas aceitas por Deus, também podemos aceitar nossos irmãos e nossas irmãs. Porque somos pessoas aceitas e amadas por Deus, é que de nós pode brotar algo bom e saudável. Nós amamos, porque ele nos amou primeiro. Deus age, e o ser humano apenas reage à ação de Deus.
Na verdade, a lógica de Deus é diferente da nossa. Para Deus, o amor vem antes do merecimento. Ninguém precisa merecer o amor de Deus para ser amado por ele. Antes pelo contrário. Quando tentamos merecer o amor de Deus, afastamo-nos dele. A pergunta pelo que eu ganho com isso, comum nas trocas e negócios, e não tem lugar na relação com Deus. Deus não negocia conosco. Deus se doa por nós. Esse sentimento era o que Jesus desejou ensinar aos que estavam próximo dele através desse exemplo.
Por último, Jesus diz ao dono da festa quem ele deve convidar para uma refeição: V. 12-14.
Jesus nos alerta para outro costume muito presente no nosso dia a dia. Convidar quem um dia pode retribuir o convite, ajudar quem um dia pode retribuir a nossa ajuda. Isto na verdade não é se colocar a serviço do reino, não passa de uma atitude de troca, de convivência...
Quero lhes contar um causo:
“Seu Tião já havia conseguido por três anos seguidos a façanha de ser o melhor produtor de milho da região onde ele morava. Chegou até a ser destacado no jornal da cidade e no programa do Globo Rural. Seu Tião por três anos seguidos adquiriu o costume de compartilhar gratuitamente as melhores sementes de milho com os seus vizinhos. Um dia um repórter lhe perguntou porque ele fazia isso, por que compartilhava as melhores sementes com seus vizinhos. Tião respondeu: Faço isso porque assim vou aumentando a minha produção. Você sabe que o vento tem a virtude de transladar o polem de um campo para o outro. Por isso, se os meus vizinhos cultivassem um milho de baixa qualidade, a polinização iria afetar a boa qualidade do meu próprio milho. Por isso, tenho muito interesse em que eles só plantem milho de boa qualidade. Assim, todos produzimos bastante e eu vou mantendo o meu título”.
Muito bonita a atitude de seu Tião. Mas vejamos bem, prezada comunidade, às vezes as atitudes mais bonitas, atitudes dignas de respeito e de aplauso no fundo são motivadas não porque o evangelho tocou o coração, mas pelo instinto de sobrevivência, por uma preocupação egoísta. E o que Jesus realmente deseja é que a partir da fé tenhamos humildade suficiente para agirmos com amor e bondade com as outras pessoas, sem qualquer pretensão. Martim Lutero já dizia “que a pessoa cristã é livre de tudo, e ao mesmo tempo escravo de todos, ou seja serva de todos a partir da fé”.
Que possamos de fato colocar este ensinamento de Jesus em prática. E Deus nos guie e abençoe nesta tarefa. Amém.

HINO
Nº 417 - HPD II – Igreja que serve

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta a pregação, confessemos nossa fé, com a palavras do Credo Apostólico:
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 605 - LCI – Momento Novo


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Bondoso Deus, graças te rendemos por este momento de culto. Gratidão pela nossa vida, por nossa saúde, por nossa família, pessoas amigas que vivem conosco. Obrigado pelo pão de cada dia e teu agir bondoso e amoroso em nossas vidas. Obrigado por ser grandioso, por estar em todos os tempos e lugares e com sua forte mão, cuida e ampara a cada um de nós.
Senhor, intercedemos por todos os motivos que nos causam dor e sofrimento. Pedimos pelo nosso mundo e as pessoas que nos governam, que façam isso com discernimento e responsabilidade. Pedimos por nossa Igreja, ministros, ministras, lideranças e membros de nossa comunidade. Pedimos que essas pessoas continuem firmes na fé, na esperança e no amor. Intercedemos pelas pessoas doentes, internadas em hospitais, pessoas que se sentem sozinhas, abandonadas, pessoas necessitadas... Que Tu, ó Deus, esteja com cada uma das situações e com cada uma das pessoas que aqui nomeamos e lembramos, seja aquilo o que cada qual necessita!
Continue nos abençoando e protegendo, leva-nos em segurança aos nossos lares, ou para onde quer que formos, estejas conosco. Entregamos tudo em tuas mãos quando juntos oramos a uma só voz como Jesus Cristo nos ensinou:
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que a benção do Deus de Sara, Abrão e Agar, que a Benção do filho nascido de Maria. Que a benção do Santo Espírito de amor, que cuida com carinho qual mãe cuida da gente, esteja sobre todos nós (+). Amém.

ENVIO
Vamos com a paz que o nosso Senhor nos dá, e sirvamos a Ele em amor. Abençoado domingo.

CANTO FINAL
Nº 301 - LCI – Bênçãos virão
 


Autor(a): Pastora Camila Laís Karsten
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 12º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 14 / Versículo Inicial: 7 / Versículo Final: 14
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2022
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 67523

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Ó Deus, meu libertador, tu tens sido a minha ajuda. Não me deixes, não me abandones.
Salmo 27.9
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo diz: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.
João 14.6
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br