Sínodo Mato Grosso



Rua Alberto Velho Moreira , 48 - Bandeirantes
CEP 78010-180 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 9846-83271 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@outlook.com
ID: 10

Liturgia de Sepultamento - 2 Timóteo 4.6-8

Caderno de Cultos 2021 - Sínodo Mato Grosso

16/08/2021

2 Timóteo 4.6-8 - Liturgia de Sepultamento
Liturgia de Sepultamento
Leituras: Salmos 103.11-19 ; Gênesis 46.3 - Mensagem: 2 Timóteo 4.6-8
Miss. Rosimere Maria Ramlow Becker - Matupá – MT

Acolho a cada um aqui presente, neste momento de despedida com as palavras do
Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Acolho a cada um aqui presente, neste momento de despedida com as palavras do Hebreus 9.27 que dizem
Pois aos homens está ordenado uma só vez, e depois vem o juízo, diz o apóstolo Precisamos estar sempre nos preparando para o momento do juízo, do julgamento final. Viver uma vida toda com os pensamentos voltados sempre para esse encontro com Cristo, significa viver uma vida segundo sua vontade, significa preparar-se bem para morrer.

Diante da morte hoje queremos orar em silêncio de nossos corações. Silenciamos porque é chegado o tempo de despedir-nos do nosso(a) irmão(ã) ______________________________________________

Em Cristo que nos dá a salvação renovamos as nossas esperanças hoje e sempre, na certeza da eternidade gloriosa junto ao Pai.
Oração:
Bondoso Deus, olha para esta família que se reúne aqui neste momento para se despedir do seu ente querido. A morte nos impõe o silêncio e a tristeza, viemos a ti colocar o nosso coração. Tu sabes Senhor, da nossa dificuldade de enfrentar a morte. Por isso te pedimos: não permita que sejamos abalados, mas encha Senhor, o nosso coração da certeza de que em ti temos refúgio e sustentação. Consola-nos com tua palavra neste momento e nos acompanha neste tempo de despedida. Amém.
Hino LC – 632 – Seu eu tiver Jesus ao lado
“ Pois como os céus se elevam acima da terra, assim é grande o seu amor para com os que o temem;
e como o Oriente está longe do Ocidente, assim ele afasta para longe de nós as nossas transgressões.
Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem;
pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó.
A vida do homem é semelhante à relva; ele floresce como a flor do campo,
que se vai quando sopra o vento e nem se sabe mais o lugar que ocupava.
Mas o amor leal do Senhor, o seu amor eterno está com os que o temem, e a sua justiça com os filhos dos seus filhos,
com os que guardam a sua aliança e se lembram de obedecer aos seus preceitos.
O Senhor estabeleceu o seu trono nos céus, e como rei domina sobre tudo o que existe.” Salmos 103.11-19

Mensagem:
Prezada Comunidade de amigos e irmãos,
Estimadas Famílias
Neste dia de muito pesar para todos nós, somos arrancados de nossa rotina para pensar no sentido da vida e da morte. E, neste confronto clamamos por Deus. Parece que perguntamos e a nós não chega nenhuma resposta e temos a impressão de ouvir o silêncio de Deus.
As horas alegres parecem muito distantes. Lágrimas e palavras presas na garganta dão lugar aos sorrisos. Tudo parece tão triste!
Os nossos sentimentos são de dor, de tristeza, angústia e incompreensão diante de todas as coisas.
Sempre esperamos que viver plenamente é envelhecer. Desfrutar da família e de saúde. Pensar que a vida pode ser interrompida a qualquer momento nos deixa inseguros. Queremos compreender o motivo dessas coisas. Mas na maioria das vezes o que temos é apenas dúvidas. Jamais entenderemos os motivos de termos nossos sonhos interrompidos.
Pois a morte vem e sem avisar nos surpreende.
No entanto, é nesses momentos que percebemos a mão de Deus atuando através das pessoas e até mesmo preparando o caminho:

Deus disse a Jacó: Eu sou o Deus, o Deus do seu Pai. Não tenha medo Gn 46.3. Quem de nós já não teve medo em algum momento da vida? E de que temos medo? De ficarmos doentes? De perdermos um ente querido? Do desemprego? Da violência? Da solidão? De situações desconhecidas? São infinitos os motivos, todos eles geradores de insegurança. (...)
Assim como Deus disse a Jacó, Deus também falou a Paulo em Corinto: Não tenha medo, continue falando e não desista, porque estou com você” (Atos 18.9-10). Deus está conosco, se confiarmos nele.
Deus não silenciou e não silencia ante o sofrimento e a dor. Ele nos fala através das Sagradas Escrituras, no texto de Paulo a 2 Timóteo 4. 6-8 :
Ler o texto: Ouçamos o consolo da Palavra de Deus: 2 Timóteo 4.6-8

• “Eu já estou sendo derramado como uma oferta de bebida. Está próximo o tempo da minha partida.
Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.
Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda.”


O apóstolo Paulo fala isso antes do martírio, reafirmando- a sua fé no Deus que transcende a morte; no Deus que é poder e é mistério, no Deus que permitiu o sofrimento de seu filho Jesus por amor a todos nós, e que se revela na fraqueza e na dor.
Paulo não hesitou em pregar e não se envergonhou em testemunhar. Fez incontáveis viagens para levar o Evangelho ao máximo de pessoas. Então, diante de tanta dedicação e coragem, podemos perceber facilmente que, de fato, o apóstolo combateu o bom combate.
Por isso, devemos nos aproximar de Deus, vigiar e orar, manter a fé e procurar levar uma vida que, no final, nos permita dizer como Paulo: “combati o bom combate”.
Certamente o apóstolo Paulo não estava calmo e tranqüilo ao afirmar “... o tempo da minha partida é chegado”, porém aceitava aquilo que era inevitável. E aceitava, porque ele sabia que não estava só, mas que o Deus em que ele depositara a sua fé o carregaria pelo vale da sombra da morte e lhe daria “a coroa da justiça, que está guardada para aqueles que amam ao Senhor”.
Também vocês, família, parentes e amigos, estão angustiados, sofrendo, fragilizados, com dúvidas e com dificuldades de aceitar o projeto de Deus.
Paulo afirma que “combateu o bom combate”, quer dizer procurou ser justo e honesto aos olhos do Senhor e foi feliz na sua família de fé.
_____________também combateu o bom combate. No entanto queremos nos agarrar no Senhor que venceu a morte, fazendo triunfar a vida eterna. Devemos nos agarrar na certeza expressa por Paulo quando ele afirma de que herdaria a coroa da vida, ou seja a vida Eterna ao lado do Senhor. A morada prometida e preparada por Jesus.
_______________________________________.
Que Deus em seu colo acolhedor, abrace a vocês família e lhes de o consolo que só ele pode dar.
Em nossa fragilidade que Deus nos acolha e aquiete o nosso coração em sua presença. Amém.

Hino: LC – 614 – Em nada ponho a minha fé
Oração
Pai amado e cheio de ternura! Estamos diante de ti com a fragilidade na nossa vida. Pedimos pelo teu consolo. Que na quietude do nosso coração, possamos ser consolados. De maneira especial, pedimos pela família enlutada. Que tu possas através do teu Espírito Santo, guardá-los, consolá-los e abençoá-los. Ensina-nos a reconhecer a nossa brevidade de alguns palmos e assim viver na tua dependência, tu que é o Deus da vida e ao mesmo tempo o Deus que reserva o direito de tirar a vida.
Enche Senhor o nosso coração da certeza da tua salvação. Enche Senhor o nosso coração da certeza da ressurreição. Que possamos descansar o nosso coração em ti sabendo que um dia na eternidade a morte não mais existirá. Ela não mais causará choro, despedida e separação.
Assim, ó Senhor, diante de ti colocamos o nosso coração quando em conjunto oração
Pai nosso que estás nos céus....
Leitura dos dados pessoais
Encomendação
Misericordioso Deus! Na segura e consoladora esperança da ressurreição para vida eterna, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo, encomendamos a ti o (a) nosso(a) irmão(ã) ____________________________
Receba-o em teus braços e guarda-o junto a ti até o dia do encontro de todos nós.
O Senhor guardará tua entrada e a tua saída desde agora e para sempre. Amém
Despedida
Vamos, pois em paz, e acompanhemos nosso(a) irmão(ã) ao derradeiro descanso.

PROXIMO A SEPULTURA
“Não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a que há de vir” (Hebreus 13.14)
Para aqueles que creem estamos aqui só de passagem. Estamos indo em direção a casa paterna. Aqui não é nossa cidade permanente. Mas, enquanto aqui estamos, que possamos viver a nossa vida nos princípios de Deus, exercitando a cada dia o amor e a fé. Estamos a caminho. Estamos no caminho. Que o nosso coração se encha da esperança de sermos um dia recebidos na casa de Deus.

HINO: LC – 479 – Graças dou por esta vida
(Enquanto o caixão é baixado a sepultura)

Visto que Deus, o Onipotente, foi servido em Sua providência, chamar para si __________________________________________________, a entregamos a terra.
Terra, terra, cinza, cinza, pó, pó – na segura e certa esperança da ressurreição para a vida eterna, mediante nosso Senhor Jesus Cristo.
Da terra fortes formado e a terra tornarás, Jesus Cristo, nosso Salvador, te ressuscitará no último dia.

Oremos
Senhor Jesus, venceste a morte dando-nos a vitória. Acompanhe-nos agora e cuida de nós. Ajuda-nos a permanecer fiéis a ti e nos consolemos mutuamente. E que no fim da nossa vida terrena possamos dormir tranquilamente em ti e despertar no teu reino. A ti toda a honra, e toda a glória sejam dadas, autor e doador da vida. E juntos oramos a oração que nos ensinaste...Pai Nosso que estás no céu
Benção.
Que a benção do Deus, Todo Poderoso, Pai, filho e Espírito Santo desça sobre vocês e permaneça com vocês hoje e sempre. Amém


Autor(a): Missionária Rosimere Maria Ramlow Becker
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Testamento: Novo / Livro: Timóteo II / Capitulo: 4 / Versículo Inicial: 6 / Versículo Final: 8
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2021
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 63989

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Sabemos que todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles a quem Ele chamou de acordo com o seu plano.
Romanos 8.28
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O verdadeiro cristão não vive na terra para si próprio, mas para o próximo e lhe serve.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br