Advento - Natal - Epifania



ID: 2655

Mensagem da Presidência para o Natal 2016

18/12/2016

 

Mensagem da Presidência para o Natal 2016 IECLB

Estimados membros da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil!

Irmãos e irmãs em Cristo!

Dezembro é diferente dos outros 11 meses do ano. Faça frio ou calor, em dezembro vive-se um “clima” único! Muitas luzes brilham por toda parte. Até parece que a gente se humaniza, se torna mais gente! A generosidade humana floresce mais neste período. Por que tudo isso? Porque dezembro está carregado pelo clima natalino!

Sim, é Natal! Por ser Natal, cabe perguntar: onde está o real sentido do Natal? Onde está aquele presente que justifica os presentes que nós nos damos?

Há dois mil anos, uma jovem chamada Maria cantou esta canção: A minha alma engrandece ao Senhor, o meu espírito se alegrou em Deus, meu Salvador, porque contemplou a humildade da sua serva... porque o Poderoso me fez grandes coisas (Lucas 1, v46ss).

Martim Lutero descreve quem foi essa mulher: “Maria era pessoa humilde e sem importância. Maria não era filha importante de gente de Nazaré, mas de uma família simples e pobre. Foi uma jovem comum no meio dos vizinhos, que cuidava dos animais e dos trabalhos domésticos. Não era nada diferente de uma pobre doméstica de hoje, que faz o que é mandada” (Magnificat, p. 15) Assim Lutero define Maria.

Por que essa Maria enalteceu o nome de Deus? Porque Maria recebera uma notícia absolutamente extraordinária, segundo Lucas 1.42: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre. Maria soube que seria mãe. Seria a mãe de Jesus, o Filho de Deus.

No Natal, celebramos o nascimento desse menino, Jesus. Se perguntarmos pelo real sentido do Natal, nós o encontramos naquela canção de Maria. A sua canção continua assim: Ele derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes (v. 52). Sim, o Deus Salvador inverte a lógica da sociedade perversa, também a perversidade instalada na sociedade brasileira! Maria louvou a Deus, que derruba quem é arrogante, quem pensa ser o dono do mundo, quem pisa e humilha. Deus derruba para dizer: assim não pode continuar! É urgente mudar e recomeçar!

Ao mesmo tempo em que derruba poder e poderosos que humilham, Deus exalta o que foi humilhado e desprezado para demonstrar o que Ele quer para seus filhos e suas filhas. Deus exalta humildes para nos ensinar a olhar para baixo, para olhar onde a vida está ameaçada. Deus derruba poderosos e exalta humildes porque Ele quer que a dignidade de todas as suas criaturas viva, cresça e floresça.

Olhando para o mundo carregado com tanta maldade e atrocidade, pode-se ter a sensação de que o real sentido do Natal seja uma mensagem distante e fantasiosa. De fato, porém, não é assim. A mensagem do verdadeiro Natal é denúncia do que não deve ser e anúncio do que pode ser. Importante é que não percamos o real sentido do Natal.

Tenhamos esperança! Falemos dessa esperança! Engajemo-nos a partir dessa esperança! Com Maria e o poeta, cantemos:

O meu Natal seria uma prece, se eu pudesse em alegria todo pranto transformar!
Ele veio salvar, todo pranto enxugar. Tornou-se gente para humanizar!

(J. A. Santana)

São os votos da Presidência da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil para o Natal 2016.

Pastor Nestor Friedrich
Pastor Presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil


Logo abaixo dos -Arquivos para Dowload-, acesse, na -Midiateca-, o vídeo com a Mensagem da Presidência para o Natal 2016 (que também pode ser visto na -Midiateca- da home nacional).

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Ó Deus, meu libertador, tu tens sido a minha ajuda. Não me deixes, não me abandones.
Salmo 27.9
REDE DE RECURSOS
+
Nenhum pecado merece maior castigo do que o que cometemos contra as crianças, quando não as educamos.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br