Pessoas com Deficiência



Telefone(s): (51) 3284-5400
ID: 2784

Culto da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência - 23 de agosto de 2020 - Subsídios litúrgicos

17/08/2020

 

Culto da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência
23 de agosto
Subsídios litúrgicos
 
Tema: Diversidade de dons e de comunicação
 
Observações quanto ao preparo desta liturgia:
- Estamos celebrando por meio de recursos virtuais. Isso possibilita alcançar muitas pessoas! Várias formas de se comunicar – imagens, músicas, gestos, palavra falada – estão sendo utilizadas com criatividade e sabedoria. Celebrações com legendas e com janelas de Libras também estão presentes! Motivo de gratidão.
- Desejamos que a comunicação do Evangelho seja acessível a todas as pessoas. Assim, especialmente nesta celebração, veja a possibilidade de ter uma pessoa intérprete de Libras. Será um importante testemunho para a comunidade e sociedade.
- Caso não tenha pessoas para traduzir para Libras, disponibilizamos o texto bíblico previsto para pregação (Rm 12.1-8) e também o texto do Evangelho de Mateus 16.13-20. Além disso, alguns hinos litúrgicos em Libras. Estes vídeos podem ser incluídos como janela de Libras nas celebrações virtuais. Veja o link de acesso aos vídeos no subsídio litúrgico abaixo.
Boa celebração!
 
LITURGIA DA ENTRADA
Acolhida:
L.: “Porque, assim como em um só corpo temos muitas partes, e todas elas têm funções diferentes, assim também nós, embora sejamos muitos, somos um só corpo por estarmos unidos com Cristo” (Rm 12.4-5a). Bem-vindas e bem-vindos!
Estamos na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência (21 a 28 de agosto) e nesta celebração vamos fazer uso de recursos de acessibilidade para que todas as pessoas possam participar e celebrar o amor de Deus por cada um e cada uma de nós.
Você aí em sua casa pode ver o ambiente onde esta celebração está sendo gravada ou transmitida. Pode ver a mesa do altar, as cores litúrgicas, enfim, ver tudo o que é significativo para a celebração. Mas há pessoas com baixa visão, pessoas cegas que, para verem o que está sendo transmitido, precisam que o ambiente seja descrito. Traduzir em palavras aquilo que elas não podem ver contribui para que sintam e compreendam seu encontro com Deus. E é isso que vamos fazer.
(Faça a descrição do ambiente litúrgico, considerando as orientações das páginas 33 e 34 do caderno Caminhos de Comunhão: orientações sobre acessibilidade. Segue um exemplo).
Esta celebração está sendo gravada (ou transmitida) na nossa igreja. Estou em frente do altar e à minha direita está a estante de leitura e à minha esquerda está a pessoa da música.  A mesa do altar está com o pano litúrgico na cor verde, e sobre ela estão três velas acesas, uma cruz, uma Bíblia aberta, um vaso com flores coloridas. Na parte inferior esquerda do vídeo está a janela de Libras. Eu sou o Pastor ou a Pastora ou a Diácona ....
 
Saudação
L.: Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com vocês.
C.: E também com você.
Confissão de pecados:
L.: Deus nos ama e nos aceita, mesmo que sejamos pecadores e pecadoras. Ele veio até nós em Jesus Cristo e nos mostrou que, no perdão e na reconciliação, acontece a manifestação de sua graça. Por isso, temos a liberdade de nos dirigir a Deus em oração e confessar os nossos pecados. Oremos.
L.: Deus da misericórdia, como membros do teu corpo, nem sempre somos pessoas que se veem como irmãos e irmãs na fé, que cuidam umas das outras e formam uma comunidade. Muitas vezes, colocamos como prioridade nossos interesses individuais e esquecemos as pessoas da família e da comunidade. Não enxergamos as necessidades e alegrias de quem vive ao nosso lado. Não enxergamos a falta de acessibilidade e, muitas vezes, construímos muros que nos separam. Deus, reconhecemos nossa intolerância para com pessoas que pensam de maneira diferente de nós; reconhecemos nossos preconceitos para com aquelas pessoas que vivem suas vidas de forma diferente e por isso as julgamos. Deus, reconhecemos nosso pecado e, por isto, clamamos:
Anúncio da graça e absolvição:
L.: “Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos e a verdade não está em nós. Se, porém, confessarmos os nossos pecados, Deus, que é fiel e justo, nos perdoará e nos purificará de toda injustiça” (1Jo 1.8-9), Como ouvimos neste anúncio, Deus, que é amor, já perdoou as pessoas que sinceramente se arrependeram. É este perdão que lhes anuncio, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
C.: Amém.

Kyrie

L.: Trazemos diante de Deus, que nos vê por inteiro, as dores causadas pelo preconceito e pela dureza do coração humano. Lembremo-nos das pessoas refugiadas, das crianças e mulheres vítimas de violência, das pessoas com deficiência que sofrem pela falta de acessibilidade, das pessoas que sofrem pela Covid-19, pois Deus tem misericórdia do povo que sofre.
Hinos: Glória
Oração do dia
 
LITURGIA DA PALAVRA
Hino:
1ª leitura: Rm 12.1-8
Evangelho
L.: Aclamemos o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.
C.: Aleluia
Em preparo para a pregação, cantemos:
C.: Hino:
Confissão de fé: Credo Apostólico (Credo em Libras)
Recolhimento das ofertas – oferta sinodal
(A oferta para o Trabalho junto a pessoas com deficiência será no dia 30/8 – favor disponibilizar para membros da comunidade o vídeo de motivação para oferta editado pela Secretaria Geral)
Oração geral da Igreja
L.: A comunidade cristã reunida tem uma tarefa especial: orar. É o que queremos fazer agora. Oremos.
Deus de bondade, ajuda a tua Igreja a permanecer fiel e a proclamar a tua salvação em palavras e em obras de misericórdia. Intercedemos pelas lideranças, para que não lhes falte ânimo para o serviço comprometido com a causa do Evangelho. Intercedemos pelas comunidades, para que possam ser cada vez mais acolhedoras e promovam a convivência entre as diferentes gerações, etnias, culturas, pois sabemos que cada pessoa é parte deste mundo criado por ti. Que as pessoas possam apoiar-se mutuamente como membros de um só corpo e que a diversidade de dons esteja a serviço da vida.
Deus, fortalece as ações diaconais de nossas comunidades e instituições para que transformem realidades de dor e sofrimento e proporcionem vida digna para todas as pessoas. Deus, nos ensina e anima a usar as diferentes formas de comunicação para proclamar a tua Palavra e assim promover comunhão e reconciliação.
Pedimos pelas pessoas que encontram limites na inclusão, na Igreja, escola, trabalho e círculos sociais. Pedimos também pelas pessoas entristecidas, enfermas e enlutadas (lembrar nomes e situações ...................... ) para que encontrem em Ti a força que necessitam para viver, encontrando alívio para suas dores. Acolhe, Deus, a nossa oração que trazemos a Ti neste dia.
Pai-Nosso (Pai-Nosso em Libras)
LITURGIA DE DESPEDIDA
Bênção final
Envio
L.: Fiquem em paz e promovam a comunicação acessível para todas as pessoas.
 
Hino final - Deus cuidará de ti
(Subsídios litúrgicos moldados por Diác. Ma. Carla Vilma Jandrey)
Acompanhe em LIBRAS os hinos desta celebração na lista de reprodução abaixo.


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Jesus Cristo diz: Eu sou a luz do mundo; quem me segue nunca andará na escuridão, mas terá a luz da vida.
João 8.12
REDE DE RECURSOS
+
Hoje, tenho muito a fazer, portanto, hoje, vou precisar orar muito.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br